Pesquisar este blog

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Assembleia aprova criação de fundo de R$ 10 milhões para microcrédito

A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (8), em primeira discussão, o projeto de lei do governador Roberto Requião que cria o Fundo de Equalização do Microcrédito (FEM) no valor de R$ 10 milhões. A criação do fundo, que será subsidiado pelo Governo do Paraná, permitirá a redução da taxa de juros destinadas a pequenos empresários, comerciantes e empreendedores. “Precisamos ampliar os recursos para esse tipo de financiamento porque são muito positivos para economia do Estado: aumentam o emprego e a renda, através dos pequenos comerciantes, micro e pequenos empresários e dos pequenos empreendedores”, disse o líder do Governo, deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB). O projeto necessita ainda de mais duas votações para seguir para sanção governamental. FUNDO - Pela proposta, o Governo do Paraná cria o Fundo de Equalização do Microcrédito - FEM. Atualmente, o governo estadual oferece - através da Secretaria de Trabalho e da Agência de Fomento do Paraná - uma linha de microcrédito, com acesso facilitado e juros baixos. “O projeto visa à ampliação do alcance da linha existente, por meio da possibilidade de se oferecer juros ainda mais reduzidos aos potenciais mutuários”. O fundo, que se pretende instituir, destinará recursos à equalização da taxa de juros de microcrédito praticada atualmente pela Agência de Fomento do Paraná. “Isto permitirá a redução da taxa de juros a ser pago ao micro-empreendedor tomador de empréstimo”. O governo estadual vai destinar R$ 10 milhões ao fundo em aporte único - recursos do Tesouro do Estado. O projeto prevê também a possibilidade do fundo criado receber receitas de doações de qualquer natureza, rendimentos de aplicações financeiras e da revisão de saldos não aplicados. PROGRAMAS - O Paraná já tem dois programas de microcrédito - Programa Banco Social, de microcrédito, e o Programa Bom Emprego Pequena Empresa (Probem) - voltados para micro e pequenas empresa, com taxas de juros bem abaixo das de mercado. No Banco Social, por exemplo, os juros são de apenas 0,95% ao mês - o projeto a ser votado no legislativo deve diminuir este valor para 0,56% mensais. Para empreendedores formais e informais, de pequeno porte, o Banco Social oferece três linhas de microcrédito. Empresas que estão começando as atividades podem emprestar entre R$ 300,00 e R$ 2 mil. Empreendimentos com até seis meses de funcionamento têm crédito de até R$ 5 mil e aqueles formalizados conseguem até R$ 10 mil para ampliar um negócio. Empreendimentos com faturamento anual de até R$ 2,4 milhões, contribuintes de ICMS e enquadrados no Simples Nacional, podem utilizar o Probem, que garante financiamento de R$ 10 mil a R$ 300 mil. O crédito vale apenas para empresas que efetivamente realizarem os investimentos previstos, mantiverem empregos e pagarem em dia as parcelas do empréstimo. aenoticias.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=52819

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu recado.

Envie para o nosso e-mail

LOCALIZAÇÃO DE PEABIRU

E-MAIL PARA CONTATOS.

peabirunorumocerto@hotmail.com

Praça Central

Praça Central

Hino a Peabiru.

Peabiru, Peabiru, Terra amada varonil Peabiru, oh! Minha terra Pedacinho do Brasil. O amor aqui impera E o trabalho nos Conduz A um pedestal de gloria Por um caminho de luz. Liberdade no horizonte No céu um formoso azul Terras férteis. Rios, fontes És uma estrela do sul Peabiru, Peabiru, Terra amada varonil Peabiru oh! Minha terra Pedacinho do Brasil. Teu nome emoção encerra És caminho do sertão És meu berço, minha terra És a minha inspiração. Laboriosa e hospitaleira Destemida e varonil É a gente desta terra Também filhos do Brasil. Peabiru, Peabiru.....