Pesquisar este blog

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

nova Ambulância para Peabiru.

O Prefeito João Carlos Klein (Peabiru) esteve em Curitiba (28/12) em um almoço no Palácio das Araucárias junto ao Governador Roberto Requião a convite do Deputado Estadual Antonio Anibelli, ouve troca de Presentes o Prefeito entregou um lindo chapéu Panamá ao Governador que retribuiu a pedido do Deputado Est. Anibeli com uma nova Ambulância para Peabiru. Quem estava no almoço em ordem Deputado Est. Anibelli, João Arruda, Anibelinho, Requião, João Carlos Klein, Volpato prefeito de Moreira Sales.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

O significado do Natal

O Natal surge como o aniversário do nascimento de Jesus Cristo, filho de Deus, sendo atualmente uma das festas católicas mais importantes. Inicialmente, a Igreja Católica não comemorava o Natal. Foi em meados do século IV d.C. que se começou a festejar o nascimento do Menino Jesus, tendo o Papa Júlio I fixado a data no dia 25 de Dezembro, já que se desconhece a verdadeira data do Seu nascimento. Uma das explicações para a escolha do dia 25 de Dezembro como sendo o dia de Natal prende-se como fato de esta data coincidir com a Saturnália dos romanos e com as festas germânicas e célticas do Solstício de Inverno, sendo todas estas festividades pagãs, a Igreja viu aqui uma oportunidade de cristianizar a data. Algumas zonas optaram por festejar o acontecimento em 6 de Janeiro, contudo, gradualmente esta data foi sendo associada à chegada dos Reis Magos e não ao nascimento de Jesus Cristo. O Natal é, assim, dedicado pelos cristãos a Cristo, que é o verdadeiro Sol de Justiça e transformou-se numa das festividades centrais da Igreja, equiparada desde cedo à Páscoa. Sob influência franciscana, espalhou-se, a partir de 1233, o costume de, em toda a cristandade, se construírem presépios, já que estes reconstituíam a cena do nascimento de Jesus. A árvore de natal surge no século XVI, sendo enfeitada com luzes símbolo de Cristo. Uma outra tradição de Natal é a troca de presentes, que são dados pelo Pai Natal ou pelo Menino Jesus, dependendo da tradição de cada país. Apesar de todas estas tradições serem importantes, a verdade é que não nos podemos esquecer que o verdadeiro significado de Natal prende-se com o nascimento de Cristo, que veio ao Mundo com um único propósito: o de justificar os nossos pecados através da sua própria morte. Assim, não devemos esquecer que o Natal não se resume a bonitas decorações e a presentes, pois a sua essência é o festejo do nascimento Daquele que deu a Sua vida por nós, Jesus Cristo. MAIOR ÁRVORE DE NATAL DO MUNDO - A tradicional Árvore de Natal de Itu, foi inaugurada em novembro, na cidade de Itu/SP. Uma das maiores árvores de Natal do Mundo, ela é apreciada pela beleza, iluminação e por ser mais um dos adornos que reforça a fama de "Cidade dos Exageros". A Árvore de Natal de Itu possui 84 metros de altura – o equivalente a um prédio de 28 andares - e pode ser vista de diversos pontos da cidade. O tubo principal que sustenta o enfeite tem 1,5 metros de diâmetro, 80 metros de altura e 12 metros de raiz. A estrela localizada na ponta da árvore mede quatro metros e é formada por 120 metros de mangueira luminosa vermelha. São 350 toneladas de aço e concreto armado que sustentam dezenas de cabos de aço, hastes e lâmpadas. Na construção da árvore foram utilizados 15 mil metros de arame e 30 lâmpadas estroboscópicas. O uso da tecnologia LED garante iluminação diferenciada com uma economia de até 80% em relação às lâmpadas convencionais, evitando o desperdício de energia.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Prefeitos de 25 cidades do Centro-Oeste prestam homenagem a Requião e Pessuti

O governador Roberto Requião e o vice-governador Orlando Pessuti foram homenageados nesta sexta-feira à noite (18) em jantar em comemoração aos 40 anos de fundação da Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão (Comcam). A homenagem, prestada por prefeitos de 25 municípios da região Centro-Oeste, é um reconhecimento a importantes projetos desenvolvidos pelo Governo do Paraná na região.

A Comcam também homenageou o senador Álvaro Dias, pelos trabalhos realizados no Senado em defesa dos municípios paranaenses, e os 23 ex-presidentes da entidade. “Estamos investindo bastante em todo o Paraná, seja com a reforma e ampliação de escolas, a compra de ônibus escolares, a construção de novos hospitais, ou mais equipamentos e efetivo para as polícias. Trabalhamos para melhorar a qualidade de vida de todos os paranaenses”, disse Requião, durante a solenidade realizada em Campo Mourão. “Há muito tempo venho à região Centro-Oeste e fico feliz ao notar seu desenvolvimento. Hoje, Campo Mourão se tornou referência na avicultura. Temos investido muito na região, e é motivo de orgulho chegar aqui e ver os resultados do nosso trabalho”, ressaltou Pessuti. Nelson Tureck, presidente da Comcam e prefeito de Campo Mourão lembrou conquistas das últimas quatro décadas, após a união dos municípios com a formação da Comcam. “Nossa região prosperou muito com as parcerias entre o Governo do Paraná e a Comcam. Campo Mourão se consolidou, e a assistência aos produtores rurais e aos empresários prestada pelo Estado teve papel fundamental”, disse Tureck. Requião recebeu homenagem especial pelos investimentos realizados na educação, como a compra de ônibus escolares, a reforma de escolas estaduais e a parceria com as prefeituras para a construção das escolas municipais. Em Campo Mourão, são duas – Eroni Maciel Ribas, já concluída, que atende 700 estudantes, e Constantino Lisboa de Medeiros, em obras graças a convênio da prefeitura com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano. “É a primeira vez que vemos um governo apostar seriamente na educação no Paraná, desde o ensino fundamental, com a construção de escolas, até o superior, com investimentos na capacitação dos professores e em nossas universidades”, justificou Tureck. Também participaram da solenidade o deputado federal Ricardo Barros, os deputados estaduais Cleiton Kielse e Cida Borghetti e o diretor-presidente da Paraná Previdência, desembargador Munir Karam Prefeitos da Comcam inclusive o Prefeito de Peabiru João Carlos Klein.

Mais fotos : picasaweb.google.com.br/PeabirunoRumoCerto1/40AnosDaComcam#

Presente de Natal para os Peabiruenses

Na ultima sexta feira mais uma industria foi inaugurada se trata da Levi Vida equipamentos para movimentação de deficientes e Idosos do grupo Cristófoli, no discurso de seus proprietários o reconhecimento do apoio dado pelo Prefeito João Carlos e ao Banco do Brasil, e a garantia de gerar vários empregos em 2010. Conheça um pouco deste grupo que chega com uma de suas empresas em Peabiru. Empresa: Leve Vida Ltda. Ramo de atividade: Indústria de equipamentos de transporte de pessoas idosas e portadores de deficiência física. CNPJ: 08248374/0001-32 E-mail: wanderley_bacelar@hotmail.com Representante Legal: Wanderley Bacelar Nome dos sócios: Wanderley Bacelar, Marlon Bizoto, Lúcio Liandro de Lima A Cristófoli já vendeu mais de 88 mil autoclaves, consolidando sua posição como líder do mercado nacional. A empresa exporta para mais de 30 países. A Cristófoli produz produtos modernos, econômicos e eficazes com alta qualidade, atestada segundo os mais rigorosos padrões de qualidade. Equipamentos de alta precisão, ferramentaria própria e investimentos em pesquisa dão suporte para que a empresa inove sempre no mercado de produtos médico-odontológicos. link de todas fotos, picasaweb.google.com.br/PeabirunoRumoCerto1/LeviVida#

sábado, 12 de dezembro de 2009

Ônibus repassados

O secretário de Estado Gilberto Martin (Saúde) fez ontem à noite a entrega oficial de dois micro-ônibus para o Cis-Comcam (foto). A solenidade aconteceu na UTFPR e contou com a presença de quatro prefeitos. Só há uma dúvida. O Cis-Comcam ainda não sabe o que fazer com os veículos. O Cis-Comcam, não. Nenhum consórcio definiu ainda o destino dos “businhos”. Se alguém tiver alguma sugestão...

OS PREFEITOS PRESENTES João Carlos Klein (Peabiru) João Paulo Klipe (Altamira do Paraná) – Presidente do Cis-Comcam Mino Bonato (Araruna) Nelson Tureck (Campo Mourão) – Presidente da Comcam

fonte: bocasanta.com.br

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Décimo terceiros

O Prefeito João Carlos Klein (Peabiru) anunciou nesta sexta feira (11/12) que estará pagando a segunda parcela do Décimo terceiro dos funcionários publico neste sábado (12), honrando mais um compromisso com a classe, a primeira parcela foi paga ainda no mês de Julho e agora os funcionários poderá comemorar o 57º aniversario de Peabiru assistindo a vários shows ar livre, muito mais felizes.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

IAP emitiu 149 licenciamentos para construção de aterros desde 2003 - 10/12/2009 10:52:48

O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) – autarquia da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos - garantiu, nos últimos sete anos, o licenciamento de 149 aterros sanitários, a construção e entrega de outros 35, e mais 17 em fase de finalização. Neste período foram solucionados problemas históricos como os lixões de Guaraqueçaba – em fase de construção - e também os de Paranaguá e Ponta Grossa, que estão prestes a ser solucionados. Outra importante iniciativa adotada pelos órgãos ambientais durante o atual governo foi o fim, em caráter definitivo, do uso da vala séptica para lixo hospitalar. Situado na Cidade Industrial de Curitiba, o depósito estava sendo utilizado por Curitiba e mais 14 municípios da Região Metropolitana desde 1988. Com o fechamento da vala, a responsabilidade sobre os resíduos gerados nas unidades municipais de saúde passou a ser das prefeituras, e os geradores particulares - hospitais, farmácias, clínicas veterinárias e odontológicas, entre outros – são responsáveis por sua própria produção. De acordo com o secretário do Meio Ambiente, Rasca Rodrigues, o Estado tem cumprindo o seu papel, no sentido de licenciar, fiscalizar e monitorar a destinação adequada dos resíduos sólidos. “Conforme as competências legais, estamos promovendo a recuperação do passivo ambiental, preservando a qualidade dos recursos hídricos e a integridade dos nossos recursos naturais”, afirma o secretário. Exemplos - Municípios como Toledo, Cascavel, Foz do Iguaçu, Bituruna, Tibagi, General Carneiro e Cruz Machado apostaram em alternativas de reciclagem e estão com seus aterros sanitários em perfeito funcionamento, devido à forma de operação e a redução no volume de lixo que é destinado às áreas. “Todos estes municípios contaram com o apoio técnico do IAP para licenciamento e operação dos seus aterros sanitários”, declara o presidente do IAP, Vitor Hugo Burko. O apoio foi através do programa ‘Eco Lixo Útil’ que, segundo Burko, foi criado a partir das dificuldades encontradas pela maioria das cidades para a instalação e manutenção de um aterro sanitário, constatadas nas vistorias do IAP. No município de Candói, por exemplo, um aterro sanitário construído para 15 anos de uso teve seu espaço saturado em apenas três anos. “Isso se deve à falta de políticas de reciclagem ou a operação incorreta do aterro”, explica a coordenadora de resíduos sólidos do IAP, Adriana Ferreira. Com base nesta realidade, o programa concentrou seus esforços em parcerias técnicas com os municípios, visando alternativas eficazes que não comprometessem o meio ambiente. “Trata-se de um projeto audacioso e revolucionário que, além de solucionar o problema ambiental, está contribuindo na geração de empregos e renda para a população paranaense”, destaca Burko. O IAP está assinando protocolos de intenções com os municípios paranaenses que querem solucionar o problema de falta de aterro ou má operação. O protocolo visa, entre várias propostas, incentivar a compostagem doméstica, auxiliar nos processos de licenciamento e estimular o uso efetivo de tecnologias adequadas ao gerenciamento integrado de resíduos sólidos. Além disso, cabe ao IAP monitorar e fiscalizar a destinação adequada dos resíduos rurais e urbanos. O município de Tibagi, por exemplo, desenvolveu em parceria com o IAP o programa “Recicla Tibagi”, que contempla a recuperação da área degradada pelo antigo lixão do município com drenagem e tratamento dos líquidos, recomposição de vegetação com espécies nativas de pequeno porte e instalação do sistema de exaustão de gases. “Desde o início da operação todo lixo produzido na cidade já está tendo destino correto”, destaca o presidente do IAP. “A compostagem de materiais orgânicos é uma das propostas do IAP que tem reduzido o desperdício e gerado empregos”, informa ele. Segundo Burko, a próxima etapa do convênio prevê a capacitação de técnicos regionais e, posteriormente, a implantação de usinas de reciclagem. Falta de áreas – Para o presidente do IAP, entre os principais problemas enfrentados pelos municípios paranaense que possuem lixão a céu aberto é a falta de área para construção do aterro. “Isso porque nenhuma comunidade aceita o fato de viver ao lado de uma área que recebe lixo”, afirma. Além de Curitiba e Ponta Grossa, que estão tentando solucionar a destinação futura do lixo gerado, municípios da região Oeste como Céu Azul, Santa Tereza do Oeste e Vera Cruz do Oeste também não têm onde colocar o lixo que geram. “Estas cidades não possuem nem áreas previstas ou passíveis de licenciamento para implantação de aterros. Neste caso, sugerimos a implantação de consórcios municipais para eliminar lixões a céu aberto, bem como a criação de cooperativas para a reciclagem dos resíduos”, explicou Burko.

Técnicos vão acompanhar investimento de R$ 100 milhões em recapeamento - 10/12/2009 12:56:00

O governador em exercício Orlando Pessuti reuniu-se, nesta quinta-feira (10), com os secretários do Desenvolvimento Urbano, Luís Forte Netto, e dos Transportes, Rogério W. Tizzot, para avançar nas discussões sobre o Programa de Recuperação Asfáltica de Pavimentação (Recap), anunciado em Foz do Iguaçu, pelo governador Roberto Requião. O Recap terá investimento de R$ 100 milhões em recursos do Tesouro do Estado a fundo perdido. “É uma grande ação para repavimentarmos ruas e avenidas em todos os municípios, algo em torno de mil quilômetros ou 7 milhões de metros quadrados”, explicou Pessuti. De acordo com ele, a reunião passou aos gerentes e superintendentes regionais do DER as informações técnicas de como será desenvolvido o programa. Além dos secretários, técnicos do ParanaCidade, ligado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano, e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) planejaram as primeiras ações. Juntos, eles formarão uma comissão para acompanhar e monitorar os trabalhos do programa. Inicialmente, os profissionais discutiram o registro de preços, a preparação dos editais de licitação para a contratação das empresas e como se dará a formulação dos convênios com os municípios contemplados pelo programa. A licitação para a realização das obras será feita pela Secretaria da Administração e Previdência na modalidade de concorrência para fins de registro de preço. O município será responsável pela contratação e fiscalização da obra. FUNCIONAMENTO – De acordo com o secretário Forte Netto, os trechos serão indicados pelos prefeitos em um formulário que deve descrever a extensão da via, largura da pista, início e fim do trecho. “Este recapeamento deve ter continuidade, sendo realizado em ruas próximas, principalmente naquelas que são rota do transporte coletivo e escolar”, sugeriu. Os documentos com a relação das vias que serão beneficiadas devem ser entregues, pelas prefeituras, até 20 de dezembro à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano. “Pretendemos começar os trabalhos, no máximo, até junho do ano que vem. Para isso é necessário que as prefeituras estejam com a documentação em dia, sob pena de os municípios não terem a obra realizada”, alertou Forte Netto. Os formulários e os mapas para marcação das rotas foram distribuídos aos gestores municipais no encontro em Foz do Iguaçu.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Assembleia aprova criação de fundo de R$ 10 milhões para microcrédito

A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (8), em primeira discussão, o projeto de lei do governador Roberto Requião que cria o Fundo de Equalização do Microcrédito (FEM) no valor de R$ 10 milhões. A criação do fundo, que será subsidiado pelo Governo do Paraná, permitirá a redução da taxa de juros destinadas a pequenos empresários, comerciantes e empreendedores. “Precisamos ampliar os recursos para esse tipo de financiamento porque são muito positivos para economia do Estado: aumentam o emprego e a renda, através dos pequenos comerciantes, micro e pequenos empresários e dos pequenos empreendedores”, disse o líder do Governo, deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB). O projeto necessita ainda de mais duas votações para seguir para sanção governamental. FUNDO - Pela proposta, o Governo do Paraná cria o Fundo de Equalização do Microcrédito - FEM. Atualmente, o governo estadual oferece - através da Secretaria de Trabalho e da Agência de Fomento do Paraná - uma linha de microcrédito, com acesso facilitado e juros baixos. “O projeto visa à ampliação do alcance da linha existente, por meio da possibilidade de se oferecer juros ainda mais reduzidos aos potenciais mutuários”. O fundo, que se pretende instituir, destinará recursos à equalização da taxa de juros de microcrédito praticada atualmente pela Agência de Fomento do Paraná. “Isto permitirá a redução da taxa de juros a ser pago ao micro-empreendedor tomador de empréstimo”. O governo estadual vai destinar R$ 10 milhões ao fundo em aporte único - recursos do Tesouro do Estado. O projeto prevê também a possibilidade do fundo criado receber receitas de doações de qualquer natureza, rendimentos de aplicações financeiras e da revisão de saldos não aplicados. PROGRAMAS - O Paraná já tem dois programas de microcrédito - Programa Banco Social, de microcrédito, e o Programa Bom Emprego Pequena Empresa (Probem) - voltados para micro e pequenas empresa, com taxas de juros bem abaixo das de mercado. No Banco Social, por exemplo, os juros são de apenas 0,95% ao mês - o projeto a ser votado no legislativo deve diminuir este valor para 0,56% mensais. Para empreendedores formais e informais, de pequeno porte, o Banco Social oferece três linhas de microcrédito. Empresas que estão começando as atividades podem emprestar entre R$ 300,00 e R$ 2 mil. Empreendimentos com até seis meses de funcionamento têm crédito de até R$ 5 mil e aqueles formalizados conseguem até R$ 10 mil para ampliar um negócio. Empreendimentos com faturamento anual de até R$ 2,4 milhões, contribuintes de ICMS e enquadrados no Simples Nacional, podem utilizar o Probem, que garante financiamento de R$ 10 mil a R$ 300 mil. O crédito vale apenas para empresas que efetivamente realizarem os investimentos previstos, mantiverem empregos e pagarem em dia as parcelas do empréstimo. aenoticias.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=52819

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Vereadores e Câmaras são homenageados

Durante a Assembléia da Acamdoze, realizada no último sábado em Campo Mourão a presidente Angela Kraus realizou a entrega dos prêmios “Vereador Nota 10” e “Câmara Nota 10”. Os dois projetos visa incentivar a participação e freqüência dos vereadores nas Assembléias Gerais, Seminários, Cursos, Palestras e demais eventos da Acamdoze. Na oportunidade foram entregues certificados para 10 vereadores da região e três câmaras municipais. Os vereadores nota 10 são: Alaerte Rodrigues -Barão e Cícero Souza da Silva (Peabiru), José Carlos de Souza (Altamira do Paraná), José Reinaldo Ferreira e Valdir Carlos Fernandes (Quinta do Sol), Luiz Carlos Angeli (Barbosa Ferraz), Maria Aparecida da Silva - Dum (Araruna), Sandra Trivilin (Ubiratã), Alexandre Donato e Silvio Donizete dos Santos (Corumbataí do Sul). Receberam o prêmio de Câmara Nota 10, os presidentes das Câmaras de Campo Mourão Eraldo Teodoro de Oliveira, de Ubiratã Haroldo Duarte – Baco e a Câmara de Corumbataí do Sul que foi representante por Alexandre Donato – Xandão. A ex-vereadora Marla Tureck também foi homenageada com um certificado por ter sido a primeira mulher a presidir a Acamdoze. Durante a leitura de mensagem pelo mestre de cerimônia Edson Lima, Marla Tureck se emocionou, mas foi consolada com um forte abraço da presidente Angela Kraus.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Governo detalha programa de recape de mil quilômetros de vias urbanas - 03/12/2009 15:35:35

O vice-governador Orlando Pessuti e os secretários do Desenvolvimento Urbano, Forte Netto, e dos Transportes, Rogério Tizzot, apresentaram nesta quinta-feira (3/12) aos prefeitos paranaenses os detalhes e o funcionamento do Programa de Recuperação Asfáltica de Pavimentação (Recap), lançado pelo governador Roberto Requião na abertura do Programa de Estudos Avançados para Líderes Públicos, que reúne cerca de dois mil gestores municipais em Foz do Iguaçu. Serão investidos R$ 100 milhões em recursos do Tesouro do Estado para a pavimentação de mil quilômetros de vias urbanas em todos os municípios paranaenses. “Nenhum município terá menos de dois quilômetros para a recuperação do pavimento. Desta forma, algumas cidades vão poder resolver de forma significativa os problemas nesta área, pela dimensão de seu território. Esta é uma ajuda do Governo do Estado aos prefeitos neste momento pós-crise”, destacou Pessuti. O secretário Forte Netto explicou que os trechos a serem contemplados serão indicados pelos prefeitos em um formulário que deve descrever a extensão da via, largura da pista, início e fim do trecho. “Este recapeamento deve ter continuidade, sendo realizado em ruas próximas, principalmente naquelas que são rota do transporte coletivo e escolar”, sugeriu. E o secretário Rogério Tissot disse que o DER está à disposição desde já dos prefeitos e secretários municipais para o esclarecimento de dúvidas. Os documentos com a relação das vias que serão beneficiadas devem ser entregues até o dia 20 de dezembro à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedu). “Pretendemos começar os trabalhos, no máximo, até junho do ano que vem. Para isso é necessário que as prefeituras estejam com a documentação em dia, sob pena de os municípios não terem a obra realizada”, alertou Forte Netto. Os formulários e os mapas para marcação das rotas estão à disposição dos gestores municipais no estande Sedu/Paranacidade até esta sexta-feira (4/12). Além de definir os critérios para a escolha das obras em cada município, a Sedu e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), vinculado à Secretaria Estadual dos Transportes (SETR), formarão uma comissão com para acompanhar e monitorar os trabalhos. A licitação para a realização das obras será feita pela Secretaria da Administração e Previdência (Seap) na modalidade de concorrência para fins de registro de preço. O município será responsável pela contratação e fiscalização da obra.

aenoticias.pr.gov.br/modules/xcgal/displayimage.php?pid=111416&album=22858&pos=2

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

A Copel bota cara para bater em Peabiru.

Vários técnicos da copel de diversas áreas estiveram na ultima sexta feira em Peabiru prestando conta a população e alem de tudo uma coisa que poucas empresas fazem é sentar e ouvir a população uma grande mesa de funcionários de diversos setores da copel de Campo Mourão e de Maringá ouviram reclamações de consumidores do município e deram suas explicações foi um dia muito aproveitável, pois ela explicou sobre os 1.125 poste que tiveram suas lâmpadas trocadas em 2007 um investimento R$ 34,000. 00 também falou sobre famílias que estão cadastradas no baixa renda em Peabiru 1547 famílias beneficiadas e 551 na luz fraterna citou sobre palestras da empresas nas escolas municipais para alunos da quarta serie que até o momento mais de 260 crianças participaram os atendimentos a serviço comercial que chega a 10,326 S, emergencial 4,543 um total15,869 em toda região, um dos detalhes muito interessante foi um exemplo citado sobre valores de conta de luz Sendo que uma conta de R$ 100,00, R$ 30,89 é de impostos para o governo do estado e Federal, uma das boas noticias é que a Copel em parceria com a Prefeitura estará substituindo arvores de grande porte por de pequeno e médio porte a baixo das redes elétricas e também a reabertura de um escritório da Copel em Peabiru a partir do próximo ano, o Prefeito João Carlos cobrou sobre o programa que beneficia famílias do baixa renda onde a copel troca a geladeira destas pessoas entregando uma com menos consumo e também a construção de um muro de proteção na subestação da copel.

Envie para o nosso e-mail

LOCALIZAÇÃO DE PEABIRU

E-MAIL PARA CONTATOS.

peabirunorumocerto@hotmail.com

Praça Central

Praça Central

Hino a Peabiru.

Peabiru, Peabiru, Terra amada varonil Peabiru, oh! Minha terra Pedacinho do Brasil. O amor aqui impera E o trabalho nos Conduz A um pedestal de gloria Por um caminho de luz. Liberdade no horizonte No céu um formoso azul Terras férteis. Rios, fontes És uma estrela do sul Peabiru, Peabiru, Terra amada varonil Peabiru oh! Minha terra Pedacinho do Brasil. Teu nome emoção encerra És caminho do sertão És meu berço, minha terra És a minha inspiração. Laboriosa e hospitaleira Destemida e varonil É a gente desta terra Também filhos do Brasil. Peabiru, Peabiru.....