Pesquisar este blog

segunda-feira, 9 de março de 2009

Reflexão

Bom dia...

Bom ver você aí outra vez... A cena parece a mesma todo dia, mas será que é mesmo? Você está, pelo menos, na mesma fase em que estava ontem da sua rotina, não é mesmo? Concentre-se um pouco e, sem muito esforço, você perceberá que tudo pode estar muito diferente... Isso, por si só, já significa uma grande novidade. Essa manhã não tem nada a ver com a manhã de ontem. Afinal, a manhã de ontem já não tem mais nada de novo. O tempo segue solene seu curso enquanto você vai criando marcas para justificar sua história... "O tempo não pára e, no entanto, ele nunca envelhece". O tempo é o produto mais perecível que existe. Por isso, atue! Use sua energia para agir bem. Use todos os canais de percepção para contemplar bem. Aproveite. O dia está quase inteiro a sua frente. Preencha o tempo desse dia de significados e sentimentos especiais. Coloque para fora sua alegria de viver e não fique aí travado com suas preocupações. Não perca tempo pensando nas coisas que você não quer que aconteçam. Elas não vão acontecer mesmo. Ao contrário, ocupe todo o espaço mental com o que você quer que aconteça. Assim, você vai ficar mais próximo dos seus sonhos, além de contagiar todo mundo com a sua confiança. O seu dia já começou... Agradeça, pois você existe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu recado.

Envie para o nosso e-mail

LOCALIZAÇÃO DE PEABIRU

E-MAIL PARA CONTATOS.

peabirunorumocerto@hotmail.com

Praça Central

Praça Central

Hino a Peabiru.

Peabiru, Peabiru, Terra amada varonil Peabiru, oh! Minha terra Pedacinho do Brasil. O amor aqui impera E o trabalho nos Conduz A um pedestal de gloria Por um caminho de luz. Liberdade no horizonte No céu um formoso azul Terras férteis. Rios, fontes És uma estrela do sul Peabiru, Peabiru, Terra amada varonil Peabiru oh! Minha terra Pedacinho do Brasil. Teu nome emoção encerra És caminho do sertão És meu berço, minha terra És a minha inspiração. Laboriosa e hospitaleira Destemida e varonil É a gente desta terra Também filhos do Brasil. Peabiru, Peabiru.....