Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de março de 2009

Contos históricos de Peabiru

Você sabia que próximo ao ano de 1960 à quadra de esporte de Peabiru se localizava na quadra onde hoje está o Colégio Olavo Bilac. Os refletores da quadra eram de bacias, e neste ano houve uma partida de basquete entre Peabiru e Campo Mourão, um jogo suado e sofrido e lógico bem disputado entre as duas equipes. Mas por incrível que pareça para um jogo de Basquete ele ficou 0 x 0. Você pensou a mesma coisa que eu quando me falaram... estes jogadores eram ruins de mais. Mas com a palavra do Prefeito João Carlos Klein, que se encontrava naquele momento e local, diz que a comissão técnica e os atletas não acreditavam naquele placar que ali se encontrava. Então tanto uma equipe como a outra resolveram descobrir como que não haviam feitos nenhum ponto e resolveram medir a cesta de basquete e constataram que a cesta era menor que a bola. Agora sei porque meu amigo o Professor Bile falava que Peabiru nunca perdia para outras equipes aqui em Peabiru... É Prefeito, aqui em nossa cidade já deve ter acontecido de tudo hein?! Mas a resposta do Prefeito João Carlos Klein era que naquela época se jogava Basquete com bolas de Borracha que eram menores que as bolas de Basquete e naquele dia havia chegado novas Bolas de Basquete oficiais e as cestas eram pequenas para as Bolas e ninguém percebeu.. que furada!

Se você tem uma historia como esta para contar envie para peabirunorumocerto@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu recado.

Envie para o nosso e-mail

LOCALIZAÇÃO DE PEABIRU

E-MAIL PARA CONTATOS.

peabirunorumocerto@hotmail.com

Praça Central

Praça Central

Hino a Peabiru.

Peabiru, Peabiru, Terra amada varonil Peabiru, oh! Minha terra Pedacinho do Brasil. O amor aqui impera E o trabalho nos Conduz A um pedestal de gloria Por um caminho de luz. Liberdade no horizonte No céu um formoso azul Terras férteis. Rios, fontes És uma estrela do sul Peabiru, Peabiru, Terra amada varonil Peabiru oh! Minha terra Pedacinho do Brasil. Teu nome emoção encerra És caminho do sertão És meu berço, minha terra És a minha inspiração. Laboriosa e hospitaleira Destemida e varonil É a gente desta terra Também filhos do Brasil. Peabiru, Peabiru.....