Pesquisar este blog

quinta-feira, 12 de março de 2009

Assédio a Osmar agrava crise entre PSDB e PDT

Assédio a Osmar agrava crise entre PSDB e PDT

Aliados nas últimas eleições, os dois partidos passaram o dia se acusando mutuamente pelo risco cada vez mais iminente de rompimento definitivo do grupo para a eleição de 2010

Ivan Santos

O assédio do PT da ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, ao senador Osmar Dias (PDT), agravou ontem a crise na frente de oposição formada pelo PDT e o PSDB no Paraná. Aliados nas últimas eleições, os dois partidos passaram o dia se acusando mutuamente pelo risco cada vez mais iminente de rompimento definitivo do grupo para a eleição de 2010. Cobrado pelos tucanos pelo encontro no qual Dilma oficializou a proposta para que ele seja o candidato da base aliada ao presidente Lula ao governo do Estado no ano que vem com o apoio do PT, Osmar reagiu defendendo uma conversa franca entre PDT, PSDB e demais partidos sobre o futuro da frente. Na terça-feira, em encontro em Brasília, Dilma – virtual candidata de Lula à presidência – confirmou a intenção de ter o senador do PDT em seu palanque no Estado. Em troca do apoio do PDT local à candidatura presidencial da ministra, o PT indicaria o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, como candidato a vice-governador na chapa de Osmar. Os tucanos reagiram com irritação à aproximação cada vez maior do antigo aliado com o PT. “Nunca fico feliz quando vejo aliado meu conversando com meus adversários”, disse o deputado e presidente estadual do PSDB, Valdir Rossoni. “Quem se aliar ao PT será nosso adversário”, avisou. O PDT, por sua vez, argumenta que a direção estadual tucana oficializou recentemente a disposição de lançar um candidato próprio ao governo, já tendo inclusive dois nomes cotados para a vaga: o senador Alvaro Dias e o prefeito de Curitiba, Beto Richa. Além disso, o PSDB já estaria em conversações com o PMDB do governador Roberto Requião. Nuvens - Osmar reafirmou ontem que continua trabalhando pela manutenção da frente de oposição, mas deixou claro que não pretende deixar de procurar aliados alternativos para disputar o governo caso o PSDB e demais partidos do grupo não demonstrem interesse em repetir a parceria na eleição do ano que vem. “Eu respondi para a ministra que temos um aliança e nunca dei nenhum passo para desfazê-la. Se outros grupos da aliança têm candidatos, nós também temos. Não dá para ficar fazendo esse jogo de esconde-esconde”, afirmou. “Tenho imensa gratidão ao PSDB. Tive o apoio incondicional do partido em 2006. Mas, se todo mundo falar o que pensa de verdade acabam as nuvens sobre a eleição de 2010 no Paraná”, cobrou. O senador demonstrou que está disposto a conversar com os antigos aliados, para que as posições sobre os planos para 2010 sejam esclarecidos. “Vamos conversar francamente entre nós. Se é possível manter a aliança, mantemos. Se não, acabamos. Está na hora dos partidos da aliança olhar olho de olho de cada líder de partido e parar de ficar mandando recado pela imprensa”, disse. Para o deputado Valdir Rossoni, o PT estaria assediando Osmar porque não tem candidato competitivo ao governo no Paraná. “Eles estão apostando na divisão. Não podemos entrar nesse jogo”, defendeu. Admitindo que o grupo tem três pré-candidatos – além de Osmar, Alvaro e Beto Richa – o dirigente tucano defendeu um entendimento. “Quem sair desse grupo e romper com a aliança vai sair perdendo”, previu.

www.bemparana.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu recado.

Envie para o nosso e-mail

LOCALIZAÇÃO DE PEABIRU

E-MAIL PARA CONTATOS.

peabirunorumocerto@hotmail.com

Praça Central

Praça Central

Hino a Peabiru.

Peabiru, Peabiru, Terra amada varonil Peabiru, oh! Minha terra Pedacinho do Brasil. O amor aqui impera E o trabalho nos Conduz A um pedestal de gloria Por um caminho de luz. Liberdade no horizonte No céu um formoso azul Terras férteis. Rios, fontes És uma estrela do sul Peabiru, Peabiru, Terra amada varonil Peabiru oh! Minha terra Pedacinho do Brasil. Teu nome emoção encerra És caminho do sertão És meu berço, minha terra És a minha inspiração. Laboriosa e hospitaleira Destemida e varonil É a gente desta terra Também filhos do Brasil. Peabiru, Peabiru.....